Artigos

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

O Papel da Educação e suas Práticas Pedagógicas

O Papel da Educação e suas Práticas Pedagógicas
    A educação é um processo contínuo que possibilita aos indivíduos o pleno  desenvolvimento  cognitivo, físico e moral.
    É por meio dela que uma pessoa participa das atividades escolares,  socializa-se, amplia sua visão de mundo e atua de forma consciente, transformando a realidade em que vive a seu favor.Diversos agentes estão envolvidos nesse processo  e podem, de uma maneira geral, influenciar o indivíduo nesse sentido.
    No âmbito escolar, entende-se que educar não é somente formar cidadãos  para a sociedade, mas promover situações em que o aluno, de fato, aprenda a conhecer , a construir e reconstruir o conhecimento. Além disso, a educação também deve tornar este  apto para enfrentar novas situações, desenvolver a percepção de interdependência , atuar na sociedade como um sujeito ético, consciente, com  pensamentos autônomos e críticos.
    Segundo  Rubem Alves, “educar é mostrar a vida a quem ainda não a viu.”  Desta forma, entende-se que a educação exerce um papel de suma importância na sociedade, sem aquela, não há , sequer, como se pensar em um convívio social, com respeito e dignidade para todos.
   As concepções pedagógicas de uma escola se expressam em suas práticas pedagógicas.
   No Colégio Objetivo, as atividades propostas no material didático são interligadas ao projeto institucional realizado no  decorrer do ano.
   O projeto didático abre caminhos para transformar o espaço escolar em um ambiente interativo de aprendizagem, possibilitando a construção de aprendizagens significativas a todos que participam desse processo. Propicia ao educando não somente realizar atividades em sala de aula, mas também propõe novas perspectivas em que os alunos são capazes de utilizar aquele conhecimento aprendido sempre que necessário.
      Piaget (1970/1971) apoiava-se na ideia de que o conhecimento é fruto da interação entre sujeito e meio:
 
              (...) o conhecimento não procede, em suas origens, nem de sujeito consciente de si mesmo de objetos já    constituídos( do ponto de vista do sujeito) que a ele se imporiam. O conhecimento resultaria de interações que se produzem a meio caminho entre os dois, dependendo, portanto, dos dois ao mesmo tempo, mas em decorrência de uma indiferenciação completa e não de intercâmbios entre formas distintas. (p.14)
 
    A partir das trocas que há entre o sujeito e meio, ou seja, entre o sujeito e tudo que o cerca, há conhecimento. O projeto didático propicia tais trocas e interações entre educando e educador. Neste, o aluno é o agente do processo de aprendizagem.
     O projeto didático, desenvolvido pelos alunos da Educação Infantil do Colégio Objetivo, teve como tema central “ Os quatro elementos da natureza”. O tema partiu da necessidade de os alunos compreenderem fatos que  ocorrem na natureza, bem como sua degradação em decorrência da poluição e de outros meios invasivos. Disponibilizaram-se  vários recursos para serem utilizados durante todo o processo de aprendizagem, tais como livros de literatura infantil, pesquisas, slides, vídeos referentes ao tema, entre outros.
  O projeto foi finalizado com uma belíssima apresentação dos alunos do Infantil e Fundamental 1, do Colégio Objetivo no Teatro Municipal. Neste momento, todos colocaram, de maneira artística ,tudo o que aprenderam sobre o tema.
 
 Professoras:
Bruna do Nascimento Lopes Silva 
Patrícia de Melo Cardoso Pasqua

Referência bibliográfica
PIAGET, Jean. A epistemologia genética. Tradução: Nathanael C. Caixeiro. Petrópolis: Vozes, 1971. (ed. Orig. 1970).
 

Galeria de fotos 1 foto(s)