Artigos

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Que aluno queremos formar

Que aluno queremos formar A proposta pedagógica de uma escola está intimamente ligada a sua visão e paradigma educacionais.A pergunta sobre o tipo de homem e sociedade que queremos formar reflete a filosofia educacional de uma instituição de ensino.
Aqueles que concebem a educação como uma mera transmissora de conhecimentos focam seu trabalho nos conteúdos e apenas no aspecto intelectual, como se o indivíduo fosse capaz de ser dissociado de sua própria estrutura: corpo, alma e espírito. Por isso, temos presenciado muitos alunos perdidos e sem direção frente aos desafios escolares.
Para nós, o trabalho voltado para o desenvolvimento intelectual é obrigação de toda a escola, mas considerar o indivíduo como um ser dotado de sentimentos, necessidades e individualidades é uma emergência pra se adequar o processo de ensino e aprendizagem às necessidades atuais.
Uma aprendizagem significativa,  necessita estabelecer um diálogo entre os conhecimentos prévios e os novos conhecimentos. Nesta medida, a experiência e a vivência precisam ocupar espaço privilegiado no ambiente escolar. O desenvolvimento de competências e habilidades, como pensamentos crítico e lógico, são compreendidos como essenciais ao processo de ensino e aprendizagem. A autonomia, a criatividade e o relacionamento interpessoal são elementos  importantes para a formação dos educandos, bem como uma postura mais crítica e ativa por parte do corpo docente, o que requer um aprimoramento constante do fazer pedagógico.
Assim, teoria e prática se complementam e revelam o posicionamento da escola frente ao tipo de indivíduo e sociedade que se pretende formar.

Galeria de fotos 4 foto(s)